2004-2014: a atualidade de Celso Furtado dez anos após sua morte

Rosa Freire d’Aguiar, Afrânio Garcia Jr., Aldo Ferrer, Angelo Oswaldo de Araújo Santos, Carlos Brandão, Luiz Felipe de Alencastro, Marcos Costa Lima

Resumo


Não foi fácil organizar este encontro. Por um lado, havia a injunção dos organizadores do congres­so, que desejavam evitar a presença dos participan­tes em mais de uma mesa. Por outro, temo pecar por injustiça com tantos amigos que teriam garantido seu lugar entre nós, e também com os muitos pesquisa­dores que vêm se dedicando a estudar as múltiplas facetas da obra de Celso. Toda escolha tem um grão de subjetividade, esta não seria exceção. Dos colegas aqui reunidos, uns privaram do convívio com ele, outros não o conheceram pessoalmente, mas já ouvi­ram o mar de histórias de sua vida que lhes contei em conversas infindas ao longo desses dez anos em que me ajudaram — nem imaginam quanto! — a superar a ausência de Celso. [CONTINUA]


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Rosa Freire d’Aguiar

Curta a página de CADERNOS do DESENVOLVIMENTO


CADERNOS DO DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

Av. Rio Branco, 124, sl 1304, Ed. Edison Passos, Centro, Rio de Janeiro-RJ, 20040-001
Tel.: +55(21) 2178-9540
cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

Indexado por