Ocupações e o novo mercado de trabalho no CEIS no contexto da pandemia Covid-19

Denis Maracci Gimenez, Juliana Pinto de Moura Cajueiro

Resumo


O presente estudo sobre o novo mercado de trabalho no Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS 4.0) e os desdobramentos nas ocupações aborda as características estruturais da dinâmica do CEIS e da sustentabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS) no contexto da pandemia. Dividido em três seções, destaca inicialmente que as ocupações na saúde são impactadas, simultaneamente, pela degradação da estruturação social e do mercado de trabalho em geral, assim como pelas limitações impostas ao processo de modernização do CEIS, pedra angular de sustentação do SUS. Na segunda seção, aborda condições e fragilidades das ocupações na atenção à saúde explicitadas no contexto da pandemia. Por fim, estabelece relações entre movimentos estruturais do mercado de trabalho e as necessidades de modernização do CEIS e seus reflexos nas condições ocupacionais na atenção à saúde, concluindo que as condições e fragilidades das ocupações no CEIS diante da pandemia expressam problemas gerais do padrão de desenvolvimento do país.


Palavras-chave


Covid-19; Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS); Sistema Único de Saúde (SUS); Desenvolvimento Econômico; Ocupações

Texto completo:

PDF

Referências


ABRASCO. Associação Brasileira de Saúde Coletiva. Em defesa da vida: solidariedade aos profissionais de saúde mortos por Covid-19. Abrasco. (Site). Publicado em: 19 jun. 2020. Disponível em: https://www.abrasco.org.br/site/noticias/posicionamentos-oficiais-abrasco/em-defesa-da-vida-solidariedade-aos-profissionais-de-saude-mortos-por-covid-19/49520/.. Acesso em: 26 jun. 2020.

BARBOSA, R. J. B.; PRATES, I. (Coords.). A vulnerabilidade dos trabalhadores brasileiros na pandemia da Covid-19. Rede Pesquisa Solidária, boletim n. 2, nota técnica n. 2, abr. 2020. Disponível em: https://redepesquisasolidaria.org/wp-content/uploads/2020/05/boletim2.pdf. Acesso em: 26 jun. 2020.

BLS. Bureau of Labor Statistics. The Employment Situation - March 2021. Whashington, DC: U.S Department of Labor, 3 abr. 2020. Disponível em: https://www.bls.gov/news.release/archives/empsit_04032020.htm. Acesso em: 9 maio 2020.

CAETANO, R. et al. Desafios e oportunidades para telessaúde em tempos da pandemia pela Covid-19: uma reflexão sobre os espaços e iniciativas no contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n. 5, e00088920, maio 2020.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. Tramitação do PL 1.826/2020. Câmara dos Deputados. (Portal Eletrônico). Publicado em: 2020. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2247980. Acesso em: 26 jun. 2020.

COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Brasil é o país com mais mortes de enfermeiros por Covid-19 no mundo. Brasília: Cofen, 2020. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/brasil-e-o-pais-com-mais--mortes-de-enfermeiros-por-covid-19-no-mundo-dizem-entidades_80181.html. Acesso em: 26 jun. 2020.

COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Observatório de Enfermagem. (Base de dados). 2020. Disponível em: http://observatoriodaenfermagem.cofen.gov.br/. Acesso em: 26 jun. 2020.

COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Enfermagem em números. (Base de dados). 2020. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/enfermagem-em-numeros. Acesso em: 9 maio 2020.

CFM. Conselho Federal de Medicina. Estatísticas. (Base de dados). 2020. Disponível em: https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_estatistica. Acesso em: 9 maio 2020.

FEHN, A. et al. Vulnerabilidade e déficit de profissionais de saúde no enfrentamento da Covid-19. Nota Técnica n. 10. São Paulo: IEPS, maio 2020. Disponível em: https://ieps.org.br/wp-content/uploads/2020/05/NT10_IEPS.pdf. Acesso em: 26 jun. 2020.

GIMENEZ, D. M.; POCHMANN, M.; RIGOLETTO, T. Covid-19 e seus efeitos sobre o mercado de trabalho nos EUA. Campinas, SP: CESIT/IE/Unicamp, maio 2020. Disponível em: https://www.cesit.net.br/covid19-e-seus-efeitos-sobre-o-mercado-de-trabalho-nos-eua/. Acesso em: 9 maio 2020.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Pnad Contínua. (Base de dados). )Rio de Janeiro: IBGE, 2020. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/9171-pesquisa-nacional-por-amostra-de-domicilios-continua-mensal.html?=&t=o-que-e. Acesso em: 9 maio 2020.

KALLEBERG, A. L. Good Jobs, Bad Jobs: The Rise of Polarized and Precarious Employment Systems in the United States, 1970s to 2000s. New York: Hardcover, 2011.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2004.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico Especial COECovid19, n. 16. Brasília: Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, 2020. Disponível em: https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/May/21/2020-05-19---BEE16---Boletim-do-COE-13h.pdf. Acesso em: 26 jun. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE; DATASUS; CNES. Informações de Saúde (TABNET). (Base de dados). 2020. Brasília: Ministério da Saúde, 2020. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0204&id=11673. Acesso em: maio 2020.

PIOVESAN, Eduardo. Câmara aprova indenização de R$ 50 mil a dependentes de profissionais de saúde mortos pela Covid-19. Câmara dos Deputados. (Portal eletrônico). Publicado em: 21 maio 2020. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/663565-camara-aprova-indenizacao-de-r-50-mil--a-dependentes-de-profissionais-de-saude-mortos-pela-covid-19/. Acesso em: 26 jun. 2020.

REDECOVIDA. A saúde dos trabalhadores de saúde no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Boletim CoVida, n. 5, Rede CoVida, maio 2020. Disponível em: https://renastonline.ensp.fiocruz.br/sites/default/files/arquivos/recursos/boletim-covida-5-trabalhadores-da-saude.pdf. Acesso em: 26 jun. 2020.

SCHEFFER, M. et al. Demografia Médica no Brasil 2015. São Paulo: Departamento de Medicina Preventiva, Faculdade de Medicina da USP; Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo; Conselho Federal de Medicina, 2015. Disponível em: http://www.usp.br/agen/wp-content/uploads/DemografiaMedica30nov2015.pdf. Acesso em: 29 set. 2020.

SENADO NOTÍCIAS. Profissionais da saúde incapacitados pela Covid-19 podem vir a ser indenizados. Senado Federal. (Portal eletrônico). Publicado em: 22 maio 2020. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/05/22/profissionais-da-saude-incapacitados-pela-covid-19-podem--vir-a-ser-indenizados. Acesso em: 26 jun. 2020.

SENADO FEDERAL. Tramitação do PL 1.826/2020. Senado Federal. (Portal eletrônico). Publicado em: 2020. Disponível em: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/142085. Acesso em: 26 jun. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Denis Maracci Gimenez, Juliana Pinto de Moura Cajueiro

            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br

 

Indexado por