Impactos do Covid-19 na telemedicina no Brasil

José Maldonado, Antonio Cruz

Resumo


A pandemia Covid-19 é um evento global extremo, com impactos significativos na sociedade e na economia. Em função de sua eclosão e do concomitante isolamento social, observou-se a intensificação do uso da telemedicina e do debate em torno da tecnologia em níveis globais e nacionais. Este artigo visa identificar os principais impactos do novo coronavírus na telemedicina no Brasil no curto prazo. As evidências apontam uma crescente aceitação da telemedicina tanto pelo número de pacientes atendidos como de iniciativas públicas e privadas desenvolvidas nos últimos meses. A pandemia tende a acelerar o comprometimento dos representantes da sociedade na proposição de soluções referentes às principais questões que têm limitado sua difusão no país. Fica em aberto em que medida prevalecerão os interesses da saúde pública e da saúde privada, seguindo a perspectiva de que ciência, tecnologia e inovação devem estar subordinadas às necessidades sociais e do Sistema Único de Saúde em particular, se inserindo em uma estratégia nacional de desenvolvimento.


Palavras-chave


Covid-19; Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS); Sistema Único de Saúde (SUS); Telemedicina; Indústria da Telemedicina

Texto completo:

PDF

Referências


ABDI. Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Indústria: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos Ciência, Tecnologia e Inovação. Agenda Tecnológica Setorial ATS - Complexo Industrial da Saúde TELEMEDICINA PANORAMA TECNOLÓGICO. 2016. Disponível em: https://docplayer.com.br/46196280-Agenda-tecnologica-setorial-ats-complexo-industrial-da-saude-t-elemedicina-panorama-tecnologico.html. Acesso em: jul. 2020.

ANS. Agência Nacional de Saúde Suplementar. ANS adota medidas para que operadoras priorizem combate à Covid-19. Publicado em: 2020a. Disponível em: http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/co194ronavirus-covid-19/coronavirus-todas-as-noticias/5448-ans-adota-medidas-para-que-operadoras--priorizem-combate-a-covid-19. Acesso em: ago. 2020.

ANS. Agência Nacional de Saúde Suplementar. Dados e indicadores do setor. Publicado em: 2020. Disponível em: http://www.ans.gov.br/perfil-do-setor/dados-e-indicadores-do-setor. Acesso em: ago. 2020.

APM. Associação Paulista de Medicina. Os médicos e a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) – Tecnologias. Publicado em: maio 2020. Disponível em: http://associacaopaulistamedicina.org.br/files/2020/pesquisa-apm-medicos-covid-19-mai2020-tecnologias.pdf. Acesso em: ago. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n. 467, de 20 de março de 2020. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-467-de-20-de-marco-de-2020-249312996. Acesso em: jul. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n. 639, de 31 de março de 2020. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-639-de-31-de-marco-de-2020-250847738. Acesso em: jul. 2020.

BRASIL. Lei n. 13.989, de 16 de abril de 2020. Brasília: Diário Oficial da União, edição 73, seção 1, p. 1, 16 abr. 2020.

CAETANO, R. et al. Desafios e oportunidades para telessaúde em tempos da pandemia pela Covid-19: uma reflexão sobre os espaços e iniciativas no contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública, v. 36, n. 5, p.1-16, 2020.

CASA CIVIL. TeleSUS: mais de 73 milhões de brasileiros já utilizaram o serviço que auxilia população no enfrentamento à Covid-19. Publicado em: 22 jun. 2020. Disponível em: https://www.gov.br/casacivil/pt-br/assuntos/noticias/2020/junho/telesus-mais-de-73-milhoes-de-brasileiros-ja-utilizaram-o--servico-que-auxilia-populacao-no-enfrentamento-a-covid-19. Acesso em: ago. 2020.

CFM. Conselho Federal de Medicina. Resolução CFM n. 1.643/2002. Disponível em: http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/2002/1643_2002.htm. Acesso em: ago. 2020.

CFM. Conselho Federal de Medicina. Resolução CFM n. 2.227/2018. Disponível em: https://portal.cfm.org.br/images/PDF/resolucao222718.pdf. Acesso em: jul. 2020.

CFM. Conselho Federal de Medicina. Telemedicina: CFM reconhece possibilidade de atendimento médico a distância durante o combate à Covid-19. Publicado em: 19 mar. 2020. Disponível em: http://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=28636:2020-03-19-23-35-42&catid=3. Acesso em: jul. 2020.

CHAO, L. W. Telemedicina do presente para o ecossistema de saúde conectada 5.0. São Paulo: Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), 2020. Disponível em: https://edm.org.br/wp-content/uploads/2020/06/Telemedicina_Chao-IESS-23-06-2020.pdf. Acesso em: set. 2020.

CLARK M.; GOODWIN N. Sustaining Innovation in Telehealth and Telecare. (WSDAN Briefing Paper) London: The King’s Fund, 2010.

CRUZ, A. O potencial inovativo da indústria brasileira de telemedicina no subsegmento de telemonitoramento. Tese (Doutorado em Saúde Pública) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2019.

CRUZ, A; MALDONADO, J.; GADELHA. C. Telemonitoramento e a dinâmica empresarial em saúde – desafios e oportunidades para o SUS. Revista de Saúde Pública, v. 54, n. 65, p. 1-11, 2020.

FIOCRUZ. Fundação Oswaldo Cruz. Covid-19: Instituições se unem para projeto inovador em favelas. Agência Fiocruz. (Site). Publicado em: 19 ago. 2020. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/noticia/covid-19-instituicoes-se-unem-para-projeto-inovador-em-favelas. Acesso em: set. 2020.

GADELHA, C. A. G. O complexo industrial da saúde e a necessidade de um enfoque dinâmico na economia da saúde. Ciência & saúde coletiva [online], v. 8, n. 2, p. 521-535, 2003.

GADELHA C. A. G. et al. A dinâmica do sistema produtivo da saúde: inovação e complexo econômico--industrial. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 2012.

GADELHA, C. A. G.; TEMPORÃO, J. Desenvolvimento, inovação e saúde: a perspectiva teórica e política do Complexo Econômico-Industrial da Saúde. Ciência & saúde coletiva [online], v. 23, n. 6, p. 1891-1902, 2018.

HARZHEIM E. et al. Guia de avaliação, implantação e monitoramento de programas e serviços em telemedicina e telessaúde. Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde – Rebrats. Disponível em: https://rebrats.saude.gov.br/images/MenuPrincipal/Guia_Avaliacao_telessaude_telemedicina.pdf. Acesso em: jul. 2020.

ILLICH, I. A expropriação da saúde – Nemesis da medicina. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1975.

ISLABÃO, A. A uberização da telemedicina. André Islabão. (Blog). Publicado em: 23 ago. 2020. Disponível em: https://andreislabao.com.br/2020/08/23/a-uberizacao-da-medicina/. Acesso em: set. 2020.

LUZ, P. L. Telemedicina e a relação médico-paciente. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 113, n. 1, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0066-782X2019000700100& script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: set. 2020.

MALDONADO, J.; MARQUES, A.; CRUZ, A. Telemedicina: desafios à sua difusão no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 32, supl. 2, 2016.

MEDICINA SA. Conectividade e saúde digital na vida do médico brasileiro. Medicina SA. (Site). Publicado em: 12 mar. 2020. Disponível em: https://medicinasa.com.br/pesquisa-globalsummit2020/. Acesso em: ago. 2020.

PORTAL HOSPITAIS BRASIL. Tele-UTI ajudará médicos do SUS nos atendimentos do coronavírus. Publicado em: 15 abr. 2020. Portal Hospitais Brasil. (Site). Disponível em: https://portalhospitaisbrasil.com.br/tele-uti-ajudara-medicos-do-sus-nos-atendimentos-do-coronavirus/. Acesso em: ago. 2020.

REZENDE E. J. C. et al. Ética e telessaúde: reflexões para uma prática segura. Revista Panamericana de Salud Pública, n. 28, p. 58-65, 2010.

RNP. Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. RNP encerra segunda chamada para a conexão de postos de saúde. RNP. (Plataforma online). Publicado em: 30 jul. 2020. Disponível em: https://www.rnp.br/noticias/rnp-encerra-segunda-chamada-para-conexao-de-postos-de-saude. Acesso em: ago. 2020.

RNP. Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. Rute cria SIG Covid-19 Brasil e primeira sessão será no dia 23/3. RNP. (Plataforma online). Publicado em: 20 mar. 2020b. Disponível em: https://www.rnp.br/noticias/rute-cria-sig-covid-19-brasil-e-primeira-sessao-sera-no-dia-233. Acesso em: ago. 2020.

SAÚDE BUSINESS. Projeto Regula Mais Brasil lança serviço de teleconsultas. Saúde Business. (Site). Publicado em: 20 ago. 2020. Disponível em: https://saudebusiness.com/mercado/projeto-regula-mais--brasil-lanca-servico-de-teleconsultas/. Acesso em: ago. 2020.

SCHMITT, Gustavo. As questões em torno da telemedicina no Brasil. Blog Abramge. (Site). Publicado em: 10 jul. 2020. Disponível em: https://blog.abramge.com.br/saude-suplementar/as-questoes-em-torno--da-telemedicina-no-brasil/. Acesso em: ago. 2020.

SCHIMITT, Gustavo. As questões em torno da telemedicina no Brasil. Panorama Farmacêutico. (Site). Publicado em: 10 jul. 2020. Disponível em: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/07/10/as-questoes-em-torno-da-telemedicina-no-brasil/. Acesso em: set. 2020.

SETOR SAÚDE. A telemedicina na Europa: o que o Brasil tem a aprender? (live Moinhos Talks) Hospital Moinhos de Vento. Setor Saúde. (Site). Publicado em: 13 jul. 2020. Disponível em: https://setorsaude.com.br/eventos/a-telemedicina-na-europa-o-que-o-brasil-tem-a-aprender-live-moinhos -talks-hospital-moinhos-de-vento/. Acesso em: ago. 2020.

SILVA, A. B.; MORAES, I. H. S. O caso da Rede Universitária de Telemedicina: análise da entrada da telessaúde na agenda política brasileira. Physis, n. 22, p. 1211-1235, 2012.

TELECO. Internet no Brasil - Perfil dos Usuários. Teleco - Inteligência em Telecomunicações. (Portal eletrônico). Publicado em: 29 maio 2020. Disponível em: https://www.teleco.com.br/internet_usu.asp. Acesso em: set. 2020.

UFRN. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ferramentas de Telemedicina do LAIS/UFRN possibilitaram mais de 40 mil atendimentos em serviços. UFRN. (Site). Publicado em: 25 jun. 2020. Disponível em: https://ufrn.br/imprensa/noticias/37196/ferramentas-de-telemedicina-do-lais-ufrn--possibilitaram-mais-de-40-mil-atendimentos-em-servicos. Acesso em: ago. 2020.

UNA-SUS. Universidade Aberta do SUS. Universidade Aberta do SUS oferece cursos online gratuitos sobre a Covid-19. UNA-SUS. (Plataforma online). Publicado em: 4 jun. 2020. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/noticia/universidade-aberta-do-sus-oferece-cursos-online-gratuitos-sobre-a--covid-19. Acesso em: ago 2020.

WHO. World Health Organization. Telemedicine, Opportunities and Developments in Member States, 2010. Disponível em: http://www.who.int/goe/publications/goe_telemedicine_2010.pdf. Acesso em: jul. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 José Maldonado, Antonio Cruz

            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br

 

Indexado por