Subdesenvolvimento e dependência: a crítica ao “neodesenvolvimentismo” no Brasil recente (2004-2016)

Leonardo Leonidas de Brito

Resumo


O objetivo deste artigo é a crítica ao neodesenvolvimentismo. A chegada do Partido dos Trabalhadores e aliados ao governo federal se pretendeu numa inflexão (ainda que muito limitada) ao neoliberalismo da década anterior. Na prática, começava-se a desenhar um amplo campo de aliança de classes, sem rupturas fundamentais com o modelo econômico dos “anos FHC” e que construiu no país um longo e vigoroso debate acerca desta “nova estratégia de desenvolvimento”. Iniciam-se, portanto, as formulações acerca de um desenvolvimentismo de novo tipo: o novo desenvolvimentismo. Nossa hipótese inicial é a afirmação de que o neodesenvolvimentismo nada tem de novo e muito menos de desenvolvimentismo. Na prática, se tornou uma espécie de réquiem social liberal buscado por intelectuais orgânicos que tentaram se alinhar com o chamado “neoliberalismo de terceira via”, tanto nos anos FHC, quanto nos anos Lula e Dilma Rousseff.


Palavras-chave


Neodesenvolvimentismo; Dependência; Terceira Via

Texto completo:

PDF

Referências


BASTOS, Pedro Paulo Zaluh. A Economia política do Novo Desenvolvimentismo e do Social desenvolvimentismo. Economia e Sociedade, Campinas (SP), v. 21, n. esp., p. 779-810, dez. 2012.

BELLUZZO, Luiz Gonzaga. Um Novo Estado Desenvolvimentista? Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, ano 3, n. 27, p. 4-5. 2009.

BIELSCHOWSKY, R. Estratégias de Desenvolvimento e as três frentes de expansão no Brasil: um desenho conceitual. Rio de Janeiro. IE-UFRJ, jul. 2012.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Democracy and Public Management Reform: building the republican State. Oxford: Oxford Univ. Press. 2004.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Do Antigo ao Novo Desenvolvimentismo na América Latina. Texto para Discussão, São Paulo, EESP-FGV, nov. 2010.

CARCANHOLO, M. Inserção externa e vulnerabilidade da economia brasileira no governo Lula. In: FILGUEIRAS, L. et al. Os anos Lula: contribuições para um balanço crítico 2003-2010. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.

CARDOSO, Fernando Henrique; FALLETO, Enzo. Dependência e Desenvolvimento na América Latina. Rio de Janeiro: Zahar, 1970.

CARVALHO, Laura. Valsa Brasileira: do boom ao caos econômico. São Paulo: Todavia, 2018.

CASTELO, R. (Org.). Encruzilhadas da América Latina no século XXI. Rio de Janeiro: Pães e Rosas, 2010.

CASTELO, R. O Social Liberalismo: Auge e crise da supremacia burguesa na Era Neoliberal. São Paulo: Expressão Popular, 2013.

CHANG, Ha Joon. Chutando a Escada: a estratégia de desenvolvimento em perspectiva histórica. São Paulo: Ed. Unesp, 2004.

DAVIDSON, P. Post Keynesian Macroeconomic Theory. Cheltenham: Edward Elgar, 1994.

DINIZ, Eli. Globalização, Estado e Desenvolvimento: dilemas do Brasil no novo milênio. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2007.

FILGUEIRAS, L et al. A economia política do governo Lula. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007.

FIORI, José Luis. 60 Lições dos 90: uma década de neoliberalismo. Rio de Janeiro; São Paulo: Record, 2002.

FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Desenvolvimentismo: a construção do conceito. In: CALIXTRE, A. B.; BIANCARELLI, A. M.; CINTRA, M. Presente e Futuro do Desenvolvimento Brasileiro. Brasília: IPEA. 2014.

FURTADO, Celso. Desenvolvimento e Subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Contraponto; Centro Celso Furtado, 2009.

FURTADO, Celso. Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

GONÇALVES, Reinaldo. Governo Lula e o Nacional Desenvolvimentismo às avessas. Publicado em: set. 2011. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/323438/mod_resource/content/1/Reinaldo%20Gon%C3%A7alves.pdf. 2011. Acesso em: 30 out. 2017.

MAGALHÃES, João Paulo et al. Os anos Lula: contribuições para um balanço crítico 2003-2010. São Paulo: Garamond, 2010.

NASSIF, Luis. A guerra do Spread bancário. Carta Capital. (Site). Publicado em: 16 abr. 2012. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/economia/a-guerra-do-spread-bancario/. Acessado em 28/10/2017.

OLIVA, Aloízio Mercadante. As Bases do Novo desenvolvimentismo no Brasil: análise do governo Lula (2003-2010). 2010. Tese (Doutorado em Ciências Econômicas) - Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, Campinas (SP).

OREIRO, José Luis. Wage-Led versus Export-led: desfazendo confusões conceituais. José Luís Oeiro - Economia, Opinião e Atualidades. (Site). Publicado em: 24 set. 2012. Disponível em: https://jlcoreiro. wordpress.com/2012/09/24/wage-led-versus-export-led-desfasendo-confusoes-conceituais/. Acesso em: 28 dez. 2017.

PAULANI, Leda Maria. A Experiência brasileira entre 2003 e 2014: Neodesenvolvimentismo? Cadernos do Desenvolvimento, Rio de Janeiro, Centro Celso Furtado, v. 12, n. 20, jul.-dez. 2017.

PAULANI, Leda Maria. Brasil Delivery: A Política Econômica do Governo Lula. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 23, n. 4, p. 563-579, out.-dez. 2003.

PAULANI, Leda Maria. Capitalismo financeiro e estado de emergência econômico no Brasil: o abandono da perspectiva de desenvolvimento. In: OLIVEIRA, F; BRAGA, R.; RIZEK, C. S. Hegemonia às avessas: economia, política e cultura na era da servidão financeira. São Paulo: Boitempo, 2010.

PAULANI, Leda Maria. Quando o medo vence a esperança (um balanço da política econômica do primeiro ano do governo Lula). Crítica Marxista, São Paulo, Ed. Revan, v. 1, n. 19, p. 11-26, 2004.

SICSÚ, J; DE PAULA, L. F.; MICHEL, R. Por que Novo Desenvolvimentismo? In: SICSÚ, J; DE PAULA, L. F.; MICHEL, R. (Orgs.). Novo Desenvolvimentismo: um projeto nacional de crescimento com equidade social. Barueri, SP; Rio de Janeiro: Manole; Fundação Konrad Adenauer, 2005.

SIQUEIRA, André; CAMPOS MELLO, Hélio; BEIRÃO, Nirlando. Coerência acima do Consenso. (Entrevista de Bresser-Pereira). Publicado em: 2012. [S. n. t.].

STIGLITZ, J. A Globalização e seus maleficios: promessas não cumpridas de benefícios globais. São Paulo: Futura, 2002.

STIGLITZ, J. More instruments and broader goals: moving toward the Post-Washington Consensus. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 19, n. 1, jan.-mar. 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br