Os anos mexicanos de Celso Furtado

Rosa Freire d'Aguiar

Resumo


No seu livro de memórias A fantasia organizada, de 1985, Celso Furtado relembra
com grande riqueza de detalhes seus anos “mexicanos”. Esses anos se desdobram em
dois momentos sucessivos: o primeiro é quando ele aceita dirigir um grupo de trabalho
da Cepal sobre a situação econômica do México — que resultaria no Estudo sobre
o México, como ele o chamava, escrito em 1956 e publicado em 19574 — e o segundo
é aquele em que reside no país, a partir de 1955.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Rosa Freire d'Aguiar

Curta a página de CADERNOS do DESENVOLVIMENTO


CADERNOS DO DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

Av. Rio Branco, 124, sl 1304, Ed. Edison Passos, Centro, Rio de Janeiro-RJ, 20040-001
Tel.: +55(21) 2178-9540
cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

Indexado por

   

 

Associados Patronos do Centro Celso Furtado