Estrutura produtiva e especialização comercial: observações sobre a Ásia em desenvolvimento e a América Latina

Antonio Carlos Macedo e Silva

Resumo


Para muitos, o chamado “desenvolvimentismo” é a antítese obscura das luzes trazidas pelo pensamento de Adam Smith.
No lugar da “mão invisível”, a intervenção visível, opaca e inepta do Estado. Em troca dos ganhos inequívocos do livre comércio, a pretensão à autarquia econômica. Com ela, a industrialização a qualquer custo.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br