Comunicação de Tania Bacelar - Encerramento

Tania Bacelar Araújo

Resumo


A professora Tania Bacelar conclui que o que tiramos desses 50 anos é que ficamos longe dos sonhos de Furtado, porque o próprio sonho da Sudene foi interrompido: ao invés de serem feitas as grandes transformações com as quais ele sonhava, construímos um Brasil que se modernizou numa parte e esqueceu a outra. E isso não aconteceu só com o Nordeste. O Nordeste reproduziu, ampliadamente, o que aconteceu com o Brasil, como disse Celso Furtado ao voltar do exílio e reencontrar o Nordeste. Ele disse que o Nordeste era “o espelho onde a imagem do Brasil se refletia com brutal nitidez”. Mas era a imagem do Brasil, só que mais brutal do que a média.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br