Pobreza no Brasil: nove temas para o novo século

Célia Lessa Kerstenetzky

Resumo


O artigo aborda questões como: a economia política das políticas de combate à pobreza, a efetividade comparada de políticas focalizadas e universais, a justiça distributiva das políticas e dos resultados, as dimensões em que se medem a pobreza, o problema da participação dos “beneficiários”, a permanência na pobreza e a relação entre justiça distributiva e desenvolvimento.

Texto completo:

PDF

Referências


Livros

ESPING-ANDERSEN, G.; MYLES, J. (2009). Economic inequality and the welfare state. In: SALVERDA, W; NOLAN, B.; SMEEDING, T.M. (eds.). The Oxford handbook of economic inequality. Oxford: Oxford University Press.

FURTADO, C. O capitalismo global. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 1998.

IBGE. Síntese de indicadores sociais. Rio de Janeiro: IBGE, 2009.

KENWORTHY, L. Egalitarian capitalism – jobs, incomes, and growth in affluent societies. New York: Russell Sage Foundation, 2004.

RAWLS, J. A theory of justice. Cambridge: The Belknap Harvard Press, 1971.

SEM, A. Inequality reexamined. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1992.

______. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

Periódicos

IPEA. PNAD 2008: primeiras avaliações. In: Comunicado da Presidência nº. 30, 24 de setembro de 2009.

KERSTENETZKY, C.L. (2002). Por que se importar com a desigualdade. In: Dados – Revista de Ciências Sociais, 45(4), pg.649-676.

______. Redistribuição e desenvolvimento: a economia política do programa Bolsa-Família (2009 A). In: Dados – Revista de Ciências Sociais, 52(1), p.53-84.

KORPI, W.; PALME, J. (1998). The paradox of redistribution and strategies of equality: welfare state institutions, inequality, and poverty in the werstern countries. In: American Sociological Review, vol. 63, nº. 5, p. 661-687.

PHELPS, E. Dynamic capitalism. In: The Wall Street Journal, 10 October 2006, p. A14.

Dissertação, tese, monografia

ARRIGHI, G.; ASCHOFF, N.; SCULLY, B. Labor supplies in comparative perspective: The Southern Africa paradigm revisited. Berkeley: University of California. Working paper presented at Department of Sociology, February 28, 2008.

ESPING-ANDERSEN, G. (2005). Children in the welfare state. A social investment approach. DemoSoc Working Paper 2005-10. Barcelona: Universitat Pompeu Fabra.

Eventos

KERSTENETZKY, C.L. (2009c). Rio's favelas: informal institutions, social capital and development. In: 2009 International Conference of the Human Development and Capability Association. Lima, 2009.

Documento mimeografado

EVANS, P. (2009). Constructing the 21st century developmental state: potentialities and pitfalls. Berkeley: University of Berkeley, mimeo.

KERSTENETZKY, C.L. (2009b). The Brazilian social developmental state: progressive agenda in a (still) conservative polity. Rio de Janeiro, mimeo.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br