Os conceitos de desenvolvimento e nacionalismo na crítica ao regime militar

Leonardo Martins Barbosa

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar as narrativas por meio das quais autores inseridos no contexto intelectual da Escola Paulista de Sociologia – tais como Fernando Henrique Cardoso, Octavio Ianni, Francisco Weffort e Francisco de Oliveira – organizam a crítica ao regime militar (1964-1985) no Brasil. A hipótese desenvolvida é a de que essas narrativas, constituídas de três experiências ao longo da ditadura, relacionam-se com a crítica realizada ao nacionalismo-desenvolvimentista, durante a década de 1950, e produzem importantes inflexões semânticas em conceitos fundamentais à formação política brasileira, tais como nacionalismo, desenvolvimento e democracia.


Texto completo:

PDF

Referências


ABRUCIO, F. L. Os barões da federação. Os governadores e a redemocratização brasileira. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 2002.

FERREIRA, J.. O nome e a coisa: o populismo na política brasileira. In: ____. O populismo e sua história. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

GUIMARÃES, C.. Vargas e Kubitschek: A longa distância entre a Petrobras e Brasília. In: CARVALHO, M. A. R.; LESSA, R. República no Catete. Rio de Janeiro: Museu da República, 2001.

BARBOSA, L. M. Crise e transição na Revista de Cultura & Política (1978-1982): uma análise do momento da Abertura. PUC-Rio: Dissertação de mestrado. Agosto de 2010.

CARDOSO, F. H. A questão da democracia. In: ____. Autoritarismo e democratização. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

.

________. O desenvolvimento na berlinda. In: _____. As ideias e o seu lugar: ensaios sobre as teorias do desenvolvimento. Petrobras: Vozes: Cebrap, 1980.

CARDOSO, F. H.; FALETTO, E. Dependência e desenvolvimento na América Latina: ensaio de interpretação sociológica. 5. ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1979.

IANNI, O.. Processo político e desenvolvimento econômico. In: ____. Política e revolução social no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965.

______. O colapso do populismo no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1971.

JAGUARIBE, H.. O nacionalismo na atualidade brasileira. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura; Instituto Superior de Estudos Brasileiros, 1958.

MAIA, J. M. E. Esquerda e Escola Paulista de Sociologia: um itinerário sociológico do conceito de ‘populismo’ no Brasil. In: Teoria & Sociedade. N° 10, jul.-dez. de 2002.

MICELI, S. Condicionantes do desenvolvimento das ciências sociais. In: MICELI, S. (org.). História das Ciências Sociais no Brasil. v.1. São Paulo: Vertice, 1989.

OLIVEIRA, F. A economia brasileira: crítica à razão dualista. 4. ed. Petrópolis. Editora Vozes; Cebrap, 1981.

PAIVA, V. P. Paulo Freire e o nacionalismo-desenvolvimentista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

PÉCAUT, D.. Os intelectuais e a política no Brasil: entre o povo e a nação. São Paulo: Ática, 1990.

SORJ, B.. A construção intelectual do Brasil: da resistência à ditadura ao governo FHC. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

VIANNA, L. W.. A revolução passiva no Brasil: iberismo e americanismo no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Revan, 2004.

_______. Weber e a interpretação do Brasil. In: SOUZA, J. O malandro e o protestante: a tese weberiana e a singularidade cultural brasileira. Brasília: Editora UNB, 1999.

WEFFORT, F. C. Democracia e movimento operário. Parte I. In: Revista de Cultura Contemporânea. São Paulo: Editora Global; Cedec. Ano 1, n° 1, julho de 1978.

_______. Democracia e movimento operário. Parte III. In: Revista de Cultura & Política. São Paulo: Global Editora; Cedec. Ano1, n° 1, agosto de 1979.

_______. Estado e massas no Brasil. In: ____. O populismo na política brasileira. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1980.

_______. O populismo na política brasileira. In: ____. O populismo na política brasileira. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1980.

Periódicos

Revista de Cultura Contemporânea. São Paulo: Editora Global; Cede. Ano 1, n° 1, julho de 1978.

Revista de Cultura Contemporânea. São Paulo: Cedec; Paz e Terra. Ano 1, n° 2, janeiro de 1979.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Leonardo Martins Barbosa

Curta a página de CADERNOS do DESENVOLVIMENTO


CADERNOS DO DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

Av. Rio Branco, 124, sl 1304, Ed. Edison Passos, Centro, Rio de Janeiro-RJ, 20040-001
Tel.: +55(21) 2178-9540
cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

Indexado por