O GOLPE DE 1964 E O NORDESTE

Celso Furtado

Resumo


 Na história das nações são frequentes os casos de perda de rumo das elites dirigentes, com graves consequências para seus respectivos povos. É nesse quadro mais amplo que, passadas quatro décadas, pode-se fazer um balanço histórico do que ocorreu no Brasil em 1964. O golpe militar de 31 de março teve, num primeiro momento, limitadas consequências, quando não passou pra­ticamente despercebido, em várias partes do país. Em estados como São Paulo, por exemplo, foi um golpe a mais, mas logo houve atendimento a cer­tos interesses econômicos e a região se acomo­dou. No Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, a tensão foi grande, conquanto passageira. [CONTINUA]


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




            

A edição n. 28 de Cadernos do Desenvolvimento teve apoio da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Projeto "Desafios para o Sistema Único de Saúde no contexto nacional e global de transformações sociais, econômicas e tecnológicas - CEIS 4.0" (Fiocruz/Fiotec)

 

CADERNOS do DESENVOLVIMENTO é uma publicação do
Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento

cadernos@centrocelsofurtado.org.br 

secretaria@centrocelsofurtado.org.br